segunda-feira, 1 de outubro de 2007

PORTO SEGURO: 01/10/2005

Primeiro dia:

Em Sampa fazia um dia feio, frio e sem graça, acordei com uma sensação estranha, parecia que estava indo pro abate, sei lá, não me sentia feliz e nem animada para fazer essa viagem que o povo havia planejado anos antes.Acordei cedo, fui na casa da minha mãe pegar minha câmera, de lá passei em casa para pegar a minha bagagem e segui para o aeroporto.

Eu estava com um aperto no coração terrível, eu só queria estar curtindo aquele momento junto com os meus amigos, mas meu coração estava quebrado por conta de uma paixonite platônica aguda que insistia em me pôr pra baixo.Ta bom, com aquele aperto no coração me despedi dos familiares e seguimos para o nosso embarque.

Dentro do avião meu sentimento era uma mistura de alegria, medo e frustração(eu amaria estar me divertindo como os meus amigos), enfim, depois dos berros das comissárias e do piloto por conta da zona dentro do avião, estávamos na Bahia, Porto Seguro.

Já era de noite quando descemos do avião, foi aí que tive a primeira impressão positiva, que calor do caralho!!Fomos guiados pelos monitores da Forma(nossa agência de turismo)para um busão fretado e seguimos para o nosso hotel, chegando lá a primeira coisa que demos de cara foi com as dezenas de mulheres “trançadeiras” que disputavam nossos cabelos aos tapas: “Quer trancinha, modelo”?(Ouvi essa frase umas 8.798 vezes em 7 dias, rsrsrsrs)Dentro do hotel, uma turma de estudantes que estavam indo embora, se despediam e nos aconselhavam aos prantos que deveríamos aproveitar tudo ao máximo.

Telão: Lí, daqui uma semana seremos nós, será que a gente também vai chorar na hora de ir embora?
Ligia: Ah! Não fode! Né, Stela, quanta futilidade, esse choro aí deve ser por falta de pau, só pode, minha filha! (quanta arrogância!)
Telão: Pode crer, né...aff! chorar porque ta indo embora é demais mesmo!

Beleza, após uma reuniãozinha básica com o tiozinho do hotel e com os monitores da “Forma”, pegamos nossas pulseiras de identificação(com o Buchecha) e fomos para o quarto. Após vistoriar o chuveiro, descarga, ar-condicionado e etc.. com tudo ok, eu e minhas companheiras de quarto(Stela, Fernanda, Mariana e Amanda), fomos tomar um banho(uma de cada vez, rsrsrs) para jantar.Naquela noite, todos foram para a balada, menos eu, Telão e a Fernanda, que preferimos ficar no hotel. Tomamos outro banho(separadas novamente, rsrsrs), colocamos o pijama e combinamos de ficarmos no quarto jogando conversa fora e dando risadas. Fomos ao bar da piscina pegar algumas caipirinhas para animar a “festa”, e assim passamos a noite: bebendo e rindo.

Continua...

5 comentários:

Alex disse...

uhuhuhuuhuhh
ta ficandu bom, qro saber mais de detalhes viu...
po meu, essa viajem aí é famosa pra caramba..
to ansioso..
coloca fotos tb viu
bjuxxxxx

Mônikita disse...

LI MINHA FLOR DE MARACUJÁ
NUM TEM NADA HAVER COM O TEXTO
MAS ME DEU UMA VONTADE DE PASSAR
AQUI PRA TE FALAR O SEGUINTE:

EU SOU UMA PESSOA DE VAMORES CRISTÃOS, TÁ LIGADA?

HAUAHAUAHAUAHAUAHAUHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAAAAHAUAHAUHAAUHAUAHAUAHAUAHAUAH

Mônikita disse...

NOSSA VAMORES NÃO

VALORESSSSSSSS HAHAHAHAHAH

Kelly disse...

To amando!!!!!!
Mal posso esperar pelos próximos capítulos..... Ligião, eu não sabia dessa luta master street fighter que você teve na Eu Vou.... Fiquei chocada... Na verdade, OVULEI!
Continua com os flash backs que eu to adorando!
Linda! Amo te mais que caminhoneiro ama puta velha de estrada viu!
Beijusss****

Ligítima - Hipnótica disse...

huahauhauhauhuahuahuahuahuahuahaua
Valores cristãos foi ótemooooo!!...não fode nossas paciências , né, Mô?!!!srsrrsrs
Kellão, menina vc não soube desse babado??..pq vc acha que o Beto e o Rafa ficaram dizendo que eu batoa em mendigo bêbado na rua!!!..rsrsrrsrsrs
beijos meninas